É possível um Geógrafo trabalhar com TI?

É possível um Geógrafo trabalhar com TI?

É possível um Geógrafo trabalhar com TI? Reprodução: canva

Impulsionadas pela pandemia, as vagas de emprego no setor de TI (Tecnologia da Informação), devem aumentar nos próximos anos. As principais razões para isso são o aumento do trabalho em home office e a entrada de novas tecnologias disruptivas. Mas, um Geógrafo trabalhar com TI, é normal?

Em primeiro lugar, há uma escassez de profissionais de TI porque a maioria dos campos que exigem profissionais envolvem tecnologias emergentes. O mercado precisa de pessoas que dominem o mercado de novas tecnologias, principalmente o mercado de análise de dados. 

O Geógrafo que domine SIG (Sistema de Informação Geográfica) terá um leque de oportunidades em TI, mas principalmente poderá trabalhar com a grande área de Geoprocessamento.

Assim, se você é geógrafo e quer trabalhar com tecnologia, saiba que essa área é muito promissora! A Geografia, lida tanto com ciências exatas quanto com ciências humanas, sendo assim, mostra que para um geógrafo trabalhar com TI, pode ser bem mais simples do que parece!

Se você deseja saber como funciona essa relação da Geográfica com TI, continue a leitura! Além disso, você irá conhecer uma Formação Completa em Geoprocessamento

Qual a função do Geógrafo?

Para a maioria das pessoas, a profissão de geógrafo é quase desconhecida, ou é conhecido apenas como o professor de Geografia. Muitas pessoas pensam que basta conhecer as capitais dos estados e países, o que são as montanhas, etc., mas um geógrafo não precisa saber todos os lugares do mundo!

Os profissionais formados em geografia são chamados de geógrafos. O estudo da geografia é a superfície da terra e seus fenômenos, bem como a relação entre os seres humanos e a superfície da terra. 

O Geógrafo é um profissional com base para atuar em diversas outras áreas.

Na indústria, usam cartografia digital para criar mapas e as secretarias de saúde dos estados mais desenvolvidos usam mapas para identificar áreas de focos de dengue, covid e outras tantas doenças.

O que faz um geógrafo e quanto ganha?

O papel desta profissão na sociedade é mais complexo e interessante do que você imagina. Seja utilizando conhecimentos voltados para domínios humanos ou ambientais, a geografia tem um amplo campo de atuação no Brasil e no exterior.

Porém, ao contrário do que se imagina, na “média salarial” do país, esse profissional ganha cerca de R$ 5 mil, segundo levantamento da Catho – maior portal de empregos do Brasil. As áreas mais bem pagas para os Geógrafos são Engenharia e tecnologia, com salários médios próximos a R$ 6 mil.

Para que você tenha uma ideia, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), um geógrafo ganha pelo menos R$ 4.000 em seu estágio mais básico da carreira, como júnior em uma empresa pequena, mas pode ganhar mais de R$ 5.500 em posições mais altas.

É possível um Geógrafo trabalhar com TI? Reprodução: canva
É possível um Geógrafo trabalhar com TI? Reprodução: canva

No entanto, não podemos deixar de falar do Geógrafo como Professor, pois este com Mestrado e Doutorado atua em Universidades e Centros de Pesquisa, com salário de até R$ 20 mil ao mês.

Logo, quanto ganha um geógrafo dependerá do nível de especialização e conhecimentos práticos. Tudo é uma questão de estudo. Sim! Para alavancar a sua carreira no mercado é preciso continuar estudando e se você deseja ganhar mais, clique aqui.  

Qual é o trabalho do Geógrafo?

Ele faz reconhecimento, investigação e pesquisa de natureza física, biogeográfica, geografia humana e geoeconômica, além de todas as suas atuações realizadas nos campos geral e especial da geografia. 

Bem, o conceito acima é teórico e generalista, pois o Geógrafo trabalha no dia a dia com profissões como professor (do nível fundamental ao superior) e analista de campo, atuando com mapeamento e licenciamento ambiental. 

Isto é, o trabalho do Geógrafo é muito mais prático do que se pensa, e muito mais voltado para trazer melhorias para a sociedade. 

As atividades profissionais dos geógrafos, sejam de pesquisa puramente científica ou de planejamento e execução de políticas sociais, econômicas e administrativas de instituições públicas ou de iniciativa privada, são exercidas por:

  • Institutos permanentes de pesquisa e estabelecimentos de serviços, membros de entidades científicas, culturais, econômicas ou administrativas;
  • Prestação de serviços sob medida, inclusive perícia e arbitragem, para estudos específicos ou para a execução de estudos de interesse de instituições públicas ou privadas;
  • Atendimento permanente a entidades públicas ou privadas na forma de assessoria, ou assistência.

Se você é um Geógrafo ou deseja se tornar um, saiba que estará diante de um segmento desafiador, dinâmico e que exigirá de você empenho e dedicação. Continue estudando.

Em quais áreas um Geógrafo pode atuar?

Professor de geografia do ensino básico é um cargo que por muitos anos foi considerado a atividade principal do Geógrafo Licenciado, mas o mercado de trabalho brasileiro tem passado por mudanças e nos últimos anos o Geógrafo tem participado de atividades importantes no meio técnico.  

 Os geógrafos são responsáveis por várias atividades e funções, sob a responsabilidade de autoridades federais, estaduais, regionais e municipais, entidades econômicas municipais ou mistas e pessoas físicas. Assim, podem trabalhar inclusive no estado como contratado ou servidor público.

Ele pode atuar também em empresas privadas, dando uma grande contribuição para o desenvolvimento de regiões e cidades. Aliás, o Geógrafo trabalhar com as Tecnologias da Informação é mais comum nesses ambientes.

Desse modo, os Geógrafos podem inclusive colaborar com a geografia do transporte para planejar transportes e sistemas de transporte que garantam mobilidade, sustentabilidade e inclusão social.

Os geógrafos também podem planejar sistemas de transporte e trânsito e garantir mobilidade, sustentabilidade e inclusão social. Outra área de atuação dos geógrafos é o planejamento urbano, atuando diretamente com os  planos diretores e definições de estrutura urbana.

Entenda a Relação do Geógrafo com TI

Como já dissemos, a combinação de conhecimento técnico (que pode, por exemplo, abranger áreas como oceanografia e biografia geográfica) e experiência em ciências humanas é positiva, tornando o geógrafo um profissional híbrido.

Para os geógrafos, o aspecto ambiental é igualmente importante, e o mercado de tecnologia da informação também atrai uma parcela da força de trabalho, principalmente nas atividades relacionadas ao Georreferenciamento e Geoprocessamento.

Em 2015, o Diário do Comércio publicou uma entrevista com o professor Jorge Morteon, onde ele já destaca o futuro do geógrafo, pontuando que seus principais campos de trabalho no futuro seriam nas áreas tecnológicas e ambiental. 

Pronto! O futuro chegou, nunca tivemos um tempo em que o geógrafo foi tão importante para o meio ambiente e também tão solicitado para atuar com softwares, e inovações tecnologias como Agricultura de precisão e Drone. 

Desta feita, nas escolas e no mercado já se fala da Tecnologia da informação Geografia, os quais são a referência aos SIGs, nome dado ao conjunto de equipamentos, como computadores, satélites e softwares que permitem melhor representação e análise do espaço geográfico.

Gestão Ambiental e TI

O TI sustentável é a prova de que meio ambiente e tecnologia se conversam sim. A TI Verde corresponde ao uso da tecnologia da informação com a aplicabilidade do conceito de desenvolvimento sustentável.

Além disso, a TI como processo que causa danos ambientais e humanos pode, portanto, causar danos às organizações, principalmente às organizações cujo processo principal é a produção de TI. 

Logo, a sustentabilidade tornou-se uma obrigação para a organização. Isso porque é benéfico para a empresa: economia de recursos, preservação do meio ambiente e melhoria de sua imagem na sociedade.

Diante dessa realidade, o mercado de computação produz proativamente computadores e processos de TI verdes, lançando produtos mais eficientes, com menor consumo de recursos naturais e ecologicamente corretos.

Portanto, a sustentabilidade já faz parte do mercado de TI, seja na indústria de equipamentos ou nas empresas de comercialização, a preocupação ambiental saiu da teoria e chegou  à prática. 

Green IT ou TI Verde é o conceito relacionado as questões citadas, onde a sustentabilidade é parte obrigatória no processo produtivo e no produto final, como exemplo, a criação de computadores mais eficiente no uso da energia. 

Como começar a trabalhar com TI?

As empresas querem pessoas que saibam fazer o serviço, principalmente em tempos de crise, porque não têm tempo para ensinar os profissionais. Alguns até contratam estagiários para ensiná-lo, mas não se pode contar com isso hoje em dia.

O segredo é que os recrutadores estão sempre em busca de perfis de profissionais com atualizações sobre linguagens de programação e características do mercado. Para um geógrafo trabalhar com TI, ele deve voltar a estudar e para ter acesso ao melhor conteúdo, clique aqui.

No processo de seleção de candidatos para diferentes cargos técnicos, a preparação é importante, seja na graduação de um curso universitário ou em outras especializações como tradicionalmente Java e agora, cada vez mais, Python.

Aprenda Python com ArcGis e QGIS.

O mais importante, a rede de contatos que você fará participando dos nossos cursos! Conheça pessoas da área e pessoas que possam se interessar pela área para lhe oferecer alguns serviços. 

Mercado de trabalho: Geógrafo em TI

Embora ainda não existam estudos sobre essa tendência, o campo técnico parece ser uma porta de entrada para o geógrafo trabalhar com TI. Afinal, quando você abre um aplicativo como Waze ou Uber, o mapa é apenas o último trabalho. 

Por exemplo, o TI, está envolvido em todo o processo de criação de um mapa. No entanto, o Geógrafo possui base cartográfica e conhecimentos de Sistemas de Informação Geográfica para tornar o processo mais dinâmico, como conhecemos.

É possível um Geógrafo trabalhar com TI? Reprodução: canva
É possível um Geógrafo trabalhar com TI? Reprodução: canva

A verdade é que nos últimos anos o mercado de trabalho para os profissionais da Geografia se expandiu muito e a tendência é de que esse crescimento continue, uma tendência para os cursos voltados para as tecnologias espaciais.

O Geógrafo deixou de ser conhecido apenas como o professor de Geografia, e tornou-se o profissional que realiza o mapeamento de terrenos, áreas de resíduos, reservas de mapa nativa e diversas outras atividades semelhantes. 

Como o Geógrafo precisa trabalhar com diversos tipos de Softwares, tornou-se também o profissional que entrou de cabeça na Tecnologia da informação, uma vez que ele sabe como funciona um software, ele também consegue implementar melhorias e atualizações, por exemplo.  

Aprenda TI aplicado a Geografia – conheça nossos cursos

Você já deve saber que o Portal Geo sem Fronteiras possui o maior número de cursos de Geoprocessamento online do Brasil. 

Cursos 100% online com aulas gravadas e material em PDF, as aulas são ministradas por professores com participação ativa no mercado de trabalho. 

Os alunos têm acesso aos canais de atendimento no Telegram com o grupo dos alunos, além do canal direto com o suporte ao curso. 

Logo, possuímos um acervo com diversos curso voltados para a área de geoprocessamento com aplicação em diversos setores tecnológicos. 

Além disso, dispomos de uma Especialização em Geoprocessamento e Geotecnologias que contempla disciplinas de programação com aplicação em Geoprocessamento. Veja abaixo:

  • Banco de Dados Geográfico com PostGIS e PostgreSQL
  • Sistema de Informação Geográfica com ArcGIS Pro
  • Sistema de Informação Geográfica com QGIS
  • Sistema de Informação com ArcGIS
  • Sensoriamento Remoto
  • Google Earth Engine
  • Mapeamento com Drones
  • Geoprocessamento para Agricultura de Precisão
  • Power BI para Geoprocessamento
  • Python com QGIS
  • Python com ArcGIS
  • Licenciamento Ambiental
  • Cadastro Ambiental Rural
  • Perícia Ambiental
  • Imagens de Radar
  • Processamento Digital de Imagens
  • Projetista Civil com AutoCAD e SketchUp

Sim! Esta é a formação mais completa do mercado, com 17 módulos e os melhores professores. O curso é ministrado no formato Nanodegree, e poderá ser concluído em até 6 meses. 

No entanto, temos também diversos outros cursos de formação em Analista, cursos mais curtos que ensinam na prática. Com isso, você poderá se tornar um Analista em Geoprocessamento e em mais 18 áreas tecnológicas como Big Data, Phyton e ArcGIS

E aí? Você gostou de saber que um Geógrafo poderá atuar bem no segmento de TI? Então, clique aqui e continue para ler mais em nosso Blog

Categoria

Tem uma pergunta?

Entre em contato com nosso suporte para qualquer dúvida.

Leia também

Conheça nossos Cursos