Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios?

Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios? Reprodução: canva

Inteligência de Negócios ou Business Intelligence (BI) é um novo conceito onde a tecnologia é usada para coletar e manipular dados, visando agilizar a tomada das decisões para melhorar o desempenho das empresas.

Desta forma, as empresas precisam encontrar maneiras de alterar seus planos de ação, para coletar dados de negócios contínuos e aumentar a proficiência de suas operações diárias. O que é possível usando Business Intelligence (BI). 

Entretanto, ao contrário do que se pensa, a inteligência de negócios não é apenas gerar estatísticas. A ideia é que todas as estratégias corporativas sejam criadas com base em informações específicas, para que os resultados obtidos sejam mais rentáveis.

Se você está buscando conhecer mais sobre Inteligência de Negócios, continue a leitura, pois preparamos um artigo completo com tudo que você precisa saber.  

O que é inteligência dos negócios?

A Inteligência de Negócios surgiu como uma alternativa ao tradicional modelo de gestão, onde a tomada de decisões ainda é dificultada pela ausência de dados concretos. Com o uso de dados automatizados fica bem mais fácil ter acesso aos dados reais dos resultados do negócio.

Este é um método que pode ser usado em qualquer segmento de negócios, da indústria ao comércio, é possível ajudar as empresas a criarem estratégias mais competitivas que ajudem na otimização de tempo, recursos e pessoas.

Por exemplo, você tem uma empresa e precisa decidir por uma mudança que poderá afetar o seu negócio e suas finanças, com apenas um relatório é possível ter uma noção geral do que poderá acontecer diante da sua decisão e o que você poderá fazer para ter resultados positivos.  

No entanto, o empresário precisará ser flexível e disponível a aceitar as sugestões do sistema adotado. 

Os softwares e sistema do Business Intelligence (BI) são ferramentas capazes de medir tendências de consumo de determinado nicho e até mesmo auxiliar na visualização de novas oportunidades.  

Decerto, o uso da inteligência de negócios em uma empresa trará novos clientes e aumentos nos lucros. 

Em suma, a inteligência empresarial ou de negócios é uma tecnologia que utiliza software e serviços para transformar dados em informações que orientam as decisões estratégicas e táticas de negócios em uma organização.

Sendo assim, o Business Intelligence (BI) fornece suporte inteligente à decisão por meio do processo de captura de dados. As informações são capturadas de qualquer sistema e registradas em um banco de dados que modelam o seu negócio.

Qual o processo da inteligência de negócios?

Tudo realizado em um negócio envolve processos, sejam simples ou complexos, as etapas do processo determinaram o resultado. 

Quanto mais complexo for o processo, com mais etapas, como na indústria, maiores serão os investimentos e atenção. Assim, usar as ferramentas corretas e procurar automatizar todos os processos possíveis é o caminho mais certo para evitar percas e prejuízos. 

Logo, o processo da Inteligência de Negócios, realiza a coleta, organiza, analisa, compartilha e monitora uma série de dados específicos da empresa, semelhante ao cérebro humano. Por meio dessa prática, os dados coletados tornam-se aplicáveis ​​e auxiliam na gestão do dia a dia, na tomada de decisões e até mesmo nas mudanças que possam ser necessárias.

Tudo depende de tecnologia, é claro. As ferramentas de BI rastreiam e validam os dados, apresentando resultados analíticos em relatórios, representações gráficas, sistemas tabulares e mapas, fornecendo aos usuários informações detalhadas sobre o estado do negócio.

Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios? Reprodução: canva
Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios? Reprodução: canva

As ferramentas de inteligência de negócios podem acessar e examinar conjuntos de dados que apresentam seus resultados em relatórios, resumos, painéis gráficos e mapas, detalhando a situação da empresa independente da natureza, seja um comércio ou uma indústria. Tais informações, poderá ajudar a identificar problemas que causam prejuízos ao negócio. 

Por exemplo, um processo de BI aplicado em uma determinada tarefa, funciona da seguinte forma:

  • Quem realiza;
  • Em quanto tempo;
  • Quanto tempo levou;
  • Onde estão as falhas;

Além disso, é possível identificar o comportamento de cada colaborador e dos clientes, sendo possível verificar os impactos destes comportamentos.  

Ao fornecer suporte a decisões inteligentes e processos de captura de dados, o Business Intelligence (BI) permite que as informações sejam obtidas de qualquer sistema e registradas em um banco de dados modelado a partir do seu próprio negócio. Saber o que é inteligência de negócios pode ajudá-lo a entrar neste mundo.

Qual a função do Business Intelligence?

O BI permite que as empresas prevejam e resolvam seus problemas preventivamente, isto é, minimizar riscos. Quando o BI não existe, os gestores muitas vezes não conseguem visualizar certas deficiências e gargalos nas operações e, na maioria das vezes, acabam tratando estes problemas de forma apenas corretiva.

Não basta ajudar a otimizar os processos internos: a inteligência de negócios também ajuda as empresas a obter vantagem competitiva, agregando valor e aumentando sua base de clientes por meio de serviços e logística de qualidade.

Além da acessibilidade de dados, as ferramentas de inteligência empresarial ajudam as empresas a quantificar os relacionamentos com fornecedores e clientes. Outras vantagens são o “insight” e a melhoria dos processos por meio da análise de métricas.

São muitas as funções e vantagens de usar um sistema de Inteligência de Negócios. A principal função do BI seria fazer com que os gestores conheçam de fato o negócio, pois, é muito comum alguns profissionais não terem ciência de como funciona todo o negócio.

Conhecendo a organização a fundo e entendendo os seus resultados, é possível tomar decisões assertivas e trazer melhorias necessárias. E isso tudo pode ser realizado apenas usando um software de gestão em BI.  

Inteligência empresarial, exemplos

As tendências do mercado estão chegando e se consolidando muito mais rápido do que as previsões antecipam. Em um mercado em constante mudança, não há posição estática para grandes profissionais, mesmo para aqueles que têm anos de experiência e hoje ocupam cargos de liderança.

Com a análise mais abrangente de métricas de gerenciamento do BI, os departamentos de RH podem tirar o máximo proveito disso. Primeiro, quando os processos de inteligência de negócios começam a ser aplicados nas empresas, os profissionais de RH podem utilizá-lo para conhecer melhor a própria empresa, entidades externas e o mercado.

Se estamos pensando no capital humano de uma empresa e em como transformar esse capital em valor, devemos buscar alguns pontos-chave críticos para o capital humano de sucesso e, então, entender como aplicar a inteligência de negócios a cada um.

Por exemplo, para otimizar o processo de candidatura e evitar erros, a inteligência de negócios entra em ação por meio de ferramentas que permitem uma compreensão mais profunda dos candidatos, seus interesses, comportamentos e até mesmo suas personalidades. Viu só como a inteligência empresarial é útil em sua aplicação prática?

Enfim, o fato é que diversas empresas ao redor do mundo perceberam que a gestão democrática pode colaborar para otimizar seus processos internos. O que mudou agora é que o Business Intelligence contribui satisfatoriamente para essa cultura de gestão, onde todos, gestores e colaboradores podem compartilhar na construção dos resultados.

Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios? Reprodução: canva
Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios? Reprodução: canva

As maiores empresas do mundo e organizações como times de futebol, já usam ferramentas de gestão inteligente. Um exemplo de empresa que mudou sua gestão com Business Intelligence, é a Toyota, que logo após a aplicação do sistema inteligente, teve lucros de mais de 500%.

Mas não são apenas as multinacionais que usam Business Intelligence, aqui no Brasil, a GASMIG (Companhia de Gá de Minas Gerais) adotou o sistema e se tornou referência no segmento. Através do gerenciamento de Bancos de Dados foi possível melhor os processos aplicados no negócio.   

Aprenda Inteligência empresarial

Como você já pode imaginar, os especialistas em inteligência de negócios controlam e analisam as movimentações dos clientes no ambiente digital, bem como suas métricas e objetivos. É um trabalho de investigação que nunca termina, pois esse profissional está sempre procurando formas de melhorar a empresa.

Os perfis dos profissionais que atuam na análise de dados online são sempre muito semelhantes, e diferem na finalidade da pesquisa e nos métodos utilizados. Os especialistas em inteligência de negócios geralmente têm uma formação completa (ou bom conhecimento) em tecnologia da informação, engenharia da computação ou ciência da computação. Certificados do Google AdWords e do Google Analytics são essenciais para se destacar neste mercado!

A princípio, a escala e o uso de dados virtuais são difíceis de imaginar para quem está fora do campo técnico, mas a quantidade é considerável porque a preparação dessas informações leva mais tempo do que a própria análise.

O primeiro passo é avaliar as necessidades da empresa, observar as empresas concorrentes e reunir todas as informações relevantes. Esses dados são então limpos, ou seja, informações duplicadas ou inválidas são identificadas e corrigidas. Por fim, os profissionais de BI analisam o material da organização e comunicam os resultados.

Os profissionais que desejam seguir carreira em inteligência de negócios precisam desenvolver as habilidades para solucionar os desafios que a função apresenta. O analista de BI tem uma tarefa difícil e honrosa: é ele quem faz a ponte entre patrocinadores e áreas de interesse. Ele também é quem orienta a solução e lidera as pessoas envolvidas. Ele precisa ser o maestro desta orquestra para que tudo saia conforme o planejado.

Além disso, um analista de BI não é apenas um colaborador ou participante de uma iniciativa. Ele é quem faz as coisas acontecerem eficazmente, por isso, deve ter conhecimento técnico abrangente, não apenas o design da solução. Ele também é responsável por garantir que as soluções sejam desenvolvidas no escopo ideal com o menor esforço possível e usando a tecnologia certa.

Especializar-se é fundamental para quem deseja trabalhar com tecnologia, e o primeiro passo pode ser aprendendo a usar uma ferramenta de dados muito popular atualmente, o Power BI. 

A formação em Power BI da Geo sem Fronteiras é sem dúvida a mais completa do mercado, ministrada em 6 módulos. Para realizar sua matrícula, clique aqui.  

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn