Calendário Astronômico 2023: fique por dentro dos principais acontecimentos do ano

Calendário Astronômico 2023: fique por dentro dos principais acontecimentos do ano. Reprodução: canva

Há milhares de anos, diante de uma curiosidade pelo céu e seus astros, surgia a Astronomia, a ciência mais antiga já registrada no mundo. Com o passar das décadas, novas tecnologias permitiram explorar cada vez mais o universo e seus corpos celestes, permitindo, inclusive, previsões dos fenômenos astronômicos. Atualmente, podemos contar até mesmo com um Calendário Astronômico. 

Esse avanço na astronomia fez com que fosse possível o surgimento do Calendário Astronômico, onde se consegue não apenas prever os eventos de um ano inteiro, mas também distinguir em que localidades do mundo será possível observar cada um desses fenômenos.

Nesse ano de 2023 o universo reservou para os apaixonados pela ciência astronômica eventos como: eclipses, encontro entre planetas, além da conhecida lua azul e superluas. Separamos os principais fenômenos entre eles para você não perder nenhum evento.

Calendário Astronômico – Principais Fenômenos de 2023

  • 25 de janeiro: Lua se aproxima de Júpiter, onde os dois estarão tão próximos que irá causar, por breves instantes, uma ocultação lunar. Para os moradores da região sul da América do Sul, será possível observar essa ocultação.
  • 30 de janeiro: Mercúrio se afasta ao máximo do Sol, permitindo uma ótima visibilidade no ocidente do Planeta. Melhor momento será entre a madrugada e o início da manhã.
  • 20 de abril: Em alguns países da Ásia e Oceania, será possível observar um Eclipse Solar Total, onde o Sol fica totalmente coberto pela Lua, uma verdadeira dádiva da natureza.
  • 22 e 23 de maio: encontro triplo entre Lua, Marte e Vênus, os três ficarão próximos formando visualmente um arco. Esse fenômeno se repetirá em 21 e 22 de junho, dica boa para aqueles que não conseguirem observar da primeira vez.
  • 14 de outubro: Teremos um Eclipse Solar Anular, que ficará visível de algumas regiões no Nordeste do Brasil. Nesse fenômeno o Sol ficará parcialmente coberto pela Lua, formando um círculo de luz ao redor da lua, ocorrerá próximo do pôr do sol. 

Calendário Astronômico – Superluas 

Ainda em 2023, a Lua nos proporcionará mais dois eventos para os amantes da ciência mais antiga do mundo já marcarem no calendário: as superluas.

Calendário Astronômico 2023: fique por dentro dos principais acontecimentos do ano. Reprodução: canva
Calendário Astronômico 2023: fique por dentro dos principais acontecimentos do ano. Reprodução: canva

No primeiro dia de agosto desse ano, teremos a primeira superlua, fenômeno que acontece quando a Lua Cheia está em seu ponto mais próximo da Terra, fazendo com que pareça maior e mais brilhante aos espectadores.

Já fechando o mês de agosto, no dia 31, teremos uma Lua Azul, outra superlua cuja característica é ser a segunda lua cheia de um mesmo mês. Seu nome não está relacionado à nenhuma coloração específica, porém esse fenômeno acontece, aproximadamente, a cada dois anos. 

O Calendário Astronômico de 2023 encontra-se imperdível!

Chuva de Meteoros

No universo existem diversas rochas espaciais que orbitam e se movimentam tal qual qualquer outro corpo celeste, essas rochas são chamadas de meteoros.

Ocasionalmente, alguns desses meteoros caem em direção à Terra, quando isso ocorre, o atrito que existe durante sua trajetória faz com que ele se parta em diversos pedaços, sendo possível até mesmo observar a queda desses meteoros no céu a olho nu. A combinação de sua velocidade X atrito faz com superaqueça e deixe um rastro de calor por onde passar, é o que nomeamos de Estrela Cadente.

Nesse ano, dentre todas as chuvas de meteoros previstas, separamos destaques para duas que poderão ser visíveis de quase todas as partes do planeta:

  • Perseidas – Uma das mais conhecidas chuvas de meteoros pela sua regularidade, pois ela ocorre anualmente em agosto, nesse ano, esse evento ocorrerá na noite do dia 12 para o dia 13, proporcionando uma vista sensacional de uma média de 15 estrelas cadentes por hora. 
  • Geminídeos – O ano vai terminando com uma visão privilegiada de estrelas cadentes pelo mundo todo, pois especialistas afirmam que mais de 100 meteoros por horas estarão visíveis entre 13 e 14 de dezembro.

Leia também:

Por que sua empresa precisa de uma Inteligência de negócios?

Cidades Inteligentes – o que é?

Monitoramento Ambiental com Drones. Como é feito?