Agricultura de Precisão (AP): inovação do campo à mesa

Agricultura de Precisão (AP): inovação do campo à mesa. Reprodução: Canva

Agricultura de Precis√£o (AP) √© o conceito associado ao desenvolvimento tecnol√≥gico, aplicado as culturas agr√≠colas, mais precisamente nas atividades voltadas para o Agroneg√≥cio. Sendo o Brasil, maior produtor de soja, a√ß√ļcar e caf√©, do mundo, temos aqui o maior crescimento de AP.¬†

A implantação da Agricultura de Precisão é um passo importante para a transformação do campo, diferente da Agricultura Tradicional, até então com o cultivo de campos homogêneos, dependendo de elevado consumo de recursos e mão de obra. 

Portanto, Agricultura de Precisão é a maneira mais rápida e eficiente de estudar cada área da propriedade, individualmente e implantar culturas, segundo suas potencialidades.

Quer saber mais sobre Agricultura de Precisão? Leia até o final! Fique por dentro de tudo que acontece na área do Geoprocessamento, em: Geo Sem Fronteiras.

 

O que é Agricultura de Precisão (AP)?

Em primeiro lugar, o campo √© o respons√°vel pela produ√ß√£o dos g√™neros que alimentam o mundo, a agricultura precisou passar por diversas inova√ß√Ķes nos √ļltimos anos, com o intuito de produzir mais, otimizar custos e reduzir os Impactos Ambientais.

Logo, Agricultura de Precisão é a associação de sistemas de gestão e ferramentas tecnológicas, voltadas para uma agricultura mais tecnificada, buscando aumentar a produvidade por área, isto é, reduzindo as áreas de plantio, sem diminuir a produção. 

O primeiro passo tecnológico no campo, aconteceu a partir de 1990, com o uso dos aparelhos GPS (Global Position System). Nesse contexto, a Agricultura de Precisão (AP), chegou ao Brasil.

Depois disso, outras ferramentas tecnológicas foram implantadas com sucesso, e com isso, o termo Agricultura de Precisão passou a ser definido como, um Conjunto de Ferramentas Tenológica de uso na Agricultura. 

As ferramentas da Agricultura de Precisão proporcionam ao Produtor Rural o conhecimento de toda a sua área de plantio, com riqueza de detalhes. Sendo assim, auxilia na tomada de decisão, quanto ao plantio e uso dos recursos disponíveis.

Tais ferramentas, s√£o usadas principalmente acopladas em m√°quinas agr√≠colas e sistemas de informa√ß√Ķes geogr√°ficas, recepcionando dados e imagens de sat√©lite, onde situa√ß√Ķes como, presen√ßa de plantas dadinhas e varia√ß√Ķes nos tipos de solo, s√£o identificadas, para que, sejam tomadas as medidas cab√≠veis.¬†

Além disso, temos o uso de dados climáticos, temperaturas, solos e rotação de culturas, que também, são parte dos estudos da Agricultura de Precisão, com o objetivo de auxiliar na preservação do solo e aumento da produtividade. 

 

Agricultura de Precis√£o (AP): Ferramentas e equipamentos

A Agricultura de Precisão poderá marcar presença em todas ou nas principais fases do cultivo, do plantio a colheita, como, por exemplo, na aplicação de fertilizantes, orientando o operador, para não passar no mesmo local mais de uma vez, eliminando desperdícios de insumos. 

Para manter o controle das atividades agrícolas, a Agricultura de Precisão (AP) lança mão de ferramentas como, Drones, softwares e sensores que permitem a captação de imagens, com posterior diagnóstico, agilizando a resolução de problemas. 

Segundo o blog da empresa Jacto, por meio das ferramentas de Agricultura de Precisão é possível tornar o cultivo mais preciso, inteligente e independente, usando tecnologias como, Inteligência Artificial, Internet das Coisas (IoT), Big Data, Robótica, Geolocalização e Automação. 

Com isso, os especialistas j√° sinalizam, que o Futuro da Agricultura ser√° Aut√īnomo e Independente, cabendo ao produtor rural, apenas acompanhar o trabalho das m√°quinas.

Senso assim, os equipamentos conectados, usando de Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina, realizarão todo o processo de coleta, análise de dados e posterior tomada de decisão, garantindo o sucesso da colheita.

 

Impactos no Agronegócio

O Portal Info Money em matéria publicada em fevereiro de 2021, destacou um apanhado de estudos, em que, indica os fatores de crescimento e desenvolvimento do Agronegócio Brasileiro ao longo dos anos, como: química, biologia e mecanização. 

Em primeiro lugar, √© importante destacar que o Brasil √© um pa√≠s com plenas condi√ß√Ķes de produ√ß√£o agr√≠cola, em todas as regi√Ķes. No entanto, solos f√©rteis e disponibilidade de recurso h√≠dricos n√£o s√£o suficientes para o pleno crescimento do setor, de maneira que, garanta o Desenvolvimento Sustent√°vel.

Agricultura de Precisão (AP): inovação do campo à mesa. Reprodução: Canva
Agricultura de Precisão (AP): inovação do campo à mesa. Reprodução: Canva

Com o crescimento populacional em todo o mundo, é necessária a implementação de ferramentas inteligentes, que auxiliem no aumento da produção agrícola. Isto é, além da Química, Biologia e Mecanização, se deve aliar Tecnologia, Gestão e Análise de Dados.  

Portanto, o crescimento do Agroneg√≥cio brasileiro depender√°, em breve, apenas de recursos aut√īnomos, com m√°quinas e equipamentos conectados por meio de intelig√™ncia artificial.¬†¬†

O maior impacto no Agroneg√≥cio diz respeito ao aumento da produtividade em √°rea menores e consideradas improdutivas, reduzindo impactos ambientais e os custos com m√£o de obra e insumos. Conhecendo as caracter√≠sticas de cada talh√£o √© poss√≠vel tomar as decis√Ķes certas, em tempo h√°bil.¬†¬†

 

Vantagens e benefícios

O uso de tecnologias no campo √© por si s√≥ vantajoso, no entanto, tecnologias mais avan√ßadas como por exemplo, drones munidos de sensores, podem impactar ainda mais os resultados da atividade rural, acelerando a tomada de decis√Ķes.

O acesso √†s informa√ß√Ķes, como tipos de solos e varia√ß√Ķes, podem ser adquiridas com a associa√ß√£o das coordenadas de determinado local a sensores, e estes, por meio de softwares espec√≠ficos, permitem a cria√ß√£o de mapas de varia√ß√Ķes de solos e produ√ß√£o.¬†

Na agricultura tradicional, os cultivos s√£o homog√™neos, isto √©, toda uma √°rea produz somente determinada cultura. Desta forma, √© necess√°rio dispor de recursos humanos e financeiros, para corrigir solos, eliminar plantas daninhas e lidar com todos os tipos de varia√ß√Ķes na produ√ß√£o.¬†

As principais vantagens da Agricultura de Precis√£o est√£o ligadas diretamente ao uso da Tecnologia da Informa√ß√£o, que permite o trabalho remoto, para prever e tomar decis√Ķes com base em dados coletados por sensores e sat√©lites.¬†

Com imagens aéreas é possível identificar o ataque de pragas e a proliferação de doenças, e desta forma, determinar o melhor método de controle. Quando o processo de produção é monitorado, torna-se bem mais fácil, prever custos e lucros, bem antes do início do processo de produção.  

As informa√ß√Ķes coletadas pelos sistemas de Agricultura de Precis√£o, s√£o usados por t√©cnicos e produtores rurais, no momento da tomada de decis√£o, visto que, estas fornecem informa√ß√Ķes precisas sobre solo, clima e suas variantes.

Sendo esse, um sistema que atua na agricultura, por meio de, Sistemas de Informação Geográfica, facilitando a aplicação de insumos e a escolha das áreas mais adequadas para cada espécie vegetal. 

 

Leia também:

Mapeamento GIS: Tipos de Mapas Interativos e Aplicativos.

Você está animado com o dia do GIS?

Qual é a diferença entre geomática e GIS?

 

Exemplo de uso da Agricultura de Precis√£o (AP)

As tecnologias que representam a Agricultura de Precisão são mais usadas por grandes produtores, que possuem maior necessidade tecnológica e mais recurso para investir. No entanto, médios e pequenos produtores têm aderido ao uso de ferramentas de precisão, como o GPS, que podem ser adquiridos no mercado por preços acessíveis.

Com um aparelho de GPS o agricultor poder√° efetuar marca√ß√£o de √°reas de plantio, bem como, de √°reas n√£o apropriadas para determinadas culturas. Mesmo em pequenas propriedades, a √Ārea de Preserva√ß√£o Permanente ou Reserva Legal √© obrigat√≥ria, e o produtor rural, poder√° fazer a delimita√ß√£o dessas √°reas, usando coordenadas geogr√°ficas e mapas.

Outra aplicação comum da Agricultura de Precisão é a VRT ou Tecnologia de Taxa Variável, que acontece sempre que o agricultor usa de dados extraídos por meio de Softwares especializados e Sistema de Posicionamento Global.

A amostragem de solos, com auxílio do GPS permite que o produtor rural conheça os tipos de solos da sua propriedade, onde se encontram as terras mais férteis e onde será necessário o uso de fertilizantes e insumos para correção.

Outra vantagem extremamente importante para a agricultura, é a possibilidade da criação de mapas que facilitam a criação de Planos de Manejo e Planejamento Agrícola, voltados para a preservação ambiental e ecológica.

Todo o ecossistema poderá ser trabalhado com o uso de ferramentas da Agricultura de Precisão, a iniciar pelo GPS, tão necessário no dia a dia, seguindo-se do uso de sensores e softwares avançados, conectados a máquinas de plantio, fertilização e colheita. 

Em todas as etapas da produ√ß√£o agr√≠cola √© poss√≠vel incluir ferramentas tecnol√≥gicas. No entanto, determinadas a√ß√Ķes podem ser mais necess√°rias, como a determina√ß√£o da umidade do solo por meio de sensores, t√£o necess√°ria em regi√Ķes irrigadas.¬†

O uso do Sensoriamento Remoto permite que drones e sensores façam o mapeamento das principais necessidades da lavoura e principalmente da umidade do ar e do solo. 

 

Onde Aprender Agricultura de Precis√£o?

O papel do t√©cnico especializado em AP √© fundamental para melhorar a aplica√ß√£o e o uso das tecnologias. No entanto, nem todos os profissionais da √°rea agr√≠cola, como Engenheiro Agr√īnomos e t√©cnicos, possuem habilidade para lidar com processos tecnol√≥gicos.¬†

Diante disso, surge a necessidade de capacitação para técnicos e produtores rurais que desejam aproveitar melhor as ferramentas da Agricultura de Precisão. 

Agricultura de Precisão (AP): inovação do campo à mesa. Reprodução: Canva
Agricultura de Precisão (AP): inovação do campo à mesa. Reprodução: Canva

Cursos presenciais com visitas de campo, deram lugar as capacita√ß√Ķes online no per√≠odo da pandemia e manteve o seu crescimento no per√≠odo atual, entendendo-se que aulas te√≥ricas e o uso de aplicativos e softwares, podem ser melhor aplicadas por meio de aulas online e v√≠deos gravados.

Nesse contexto o produtor rural conta com a facilidade da internet, para estudar e se aperfeiçoar no uso das novas tecnologias, por meio de cursos e eventos online.

A Geo sem Fronteira, é maior escola de cursos voltados para o uso das Geotecnologias, contando com formação em Big Data, Geoprocessamento, QGis e ArcGis. Já são mais de 50 mil alunos, formados em:  

S√£o diversos outros cursos, que voc√™ poder√° conhecer acessando a aba de cursos, no portal Geo Sem Fronteiras. Conte com profissionais especializados, aulas personalizadas e pre√ßos acess√≠veis. Aprenda a Analisar Bancos de Dados e a tomar decis√Ķes certas, em sua lavoura.¬†

Em conclus√£o, voc√™ poder√° aprender Geoprocesamento e Agricultura de Precis√£o de maneira pr√°tica e r√°pida, estudando com os melhores professores da √°rea e contando com condi√ß√Ķes especiais de pagamento.