Pesquisar
Close this search box.

Filtro de Categorias

Nova regulamentação da ANAC deve facilitar o uso de drones na agricultura

Uso de drones na agricultura — Imagem: Canva/Reprodução

Os agricultores de todo o território brasileiro agora podem aproveitar as novas regulamentações da ANAC (Agência Nacional de aviação Civil) que simplificam o uso de drones na agricultura. Com essas mudanças, os agricultores podem usar drones com mais facilidade para melhorar o rendimento das colheitas e aumentar a eficiência de suas operações.

Segundo o portal Gov.br, as regras para uso de drones foram simplificadas, o que favorece ainda mais os agricultores que possuem grandes áreas plantadas. Além disso, drones podem monitorar rebanhos, reduzindo percas e mão de obra. 

Se você deseja saber mais sobre essas mudanças, continue a leitura. 

1. Sobre a nova regulamentação da ANAC 

A nova regulamentação da ANAC para uso de drones na agricultura visa simplificar o processo para os agricultores. Com as novas regras, os agricultores não precisam mais obter uma licença especial para operar drones para fins agrícolas. Em vez disso, eles podem registrar seus drones na ANAC e seguir as diretrizes básicas de segurança. Espera-se que essa mudança torne mais fácil para os agricultores adotar a tecnologia drone e melhorar suas operações.

A Resolução n° 710 de 31 de março de 2023 simplifica as regras para operações aeroagrícolas, como a dispersão de sementes, defensivos e fertilizantes. O processo de simplificação visa gerar melhorias no uso de drones para o setor agrícola, permitindo voos mais longos em áreas abertas e sem edificações. 

2. Benefícios do uso de drones na agricultura

O uso de drones na agricultura traz inúmeros benefícios, incluindo maior eficiência, melhor rendimento das colheitas e redução de custos. Os drones podem ser usados para coletar dados sobre a saúde das culturas, níveis de umidade do solo e infestações de pragas, permitindo que os agricultores tomem decisões mais informadas sobre suas operações. Eles também podem ser usados para pulverizar culturas com precisão, reduzindo a quantidade de produtos químicos necessários e minimizando o impacto ambiental. Com as novas regulamentações da ANAC no Brasil, mais agricultores poderão aproveitar esses benefícios e aprimorar suas práticas agrícolas.

Uso de drones na agricultura — Imagem: Canva/Reprodução
Uso de drones na agricultura — Imagem: Canva/Reprodução

Existem muitas histórias de sucesso de agricultores que implementaram a tecnologia drone em suas operações. Por exemplo, um agricultor conseguiu usar drones para identificar áreas de sua fazenda que não estavam recebendo água suficiente, permitindo que ele ajustasse seu sistema de irrigação e melhorasse o rendimento das colheitas. Outro agricultor usou drones para monitorar a saúde de suas plantações, identificando áreas infectadas por pragas ou doenças e tomando medidas para evitar mais danos. Ao usar drones, os agricultores podem economizar tempo e dinheiro, além de melhorar a qualidade e a quantidade de suas colheitas.

3. Como obter uma licença para uso de drones na agricultura

Com a nova regulamentação da ANAC no Brasil, ficou mais fácil obter licença para uso de drones na agricultura. Os agricultores devem primeiro registrar seu drone na ANAC e obter um Certificado de Aeronavegabilidade. Eles também devem obter uma Licença de Piloto Remoto, que exige aprovação em um exame teórico e prático. Uma vez atendidos esses requisitos, os agricultores podem usar seus drones para fins agrícolas, como monitoramento de culturas e pulverização. É importante observar que ainda existem restrições ao uso de drones, como sobrevoar áreas populosas e aeroportos, e os agricultores devem seguir todas as diretrizes e normas de segurança.

4. Boas práticas para o uso de drones na agricultura

Embora os novos regulamentos da ANAC no Brasil tenham facilitado o uso de drones pelos agricultores na agricultura, é importante seguir as melhores práticas para garantir segurança e eficiência. Algumas dicas incluem realizar verificações de manutenção regulares no drone, usar câmeras e sensores de alta qualidade para coleta de dados precisa e seguir todas as diretrizes e regulamentos de segurança. Também é importante treinar adequadamente os pilotos e ter um plano claro de como o drone será usado na operação agrícola. Seguindo essas práticas recomendadas, os agricultores podem maximizar os benefícios do uso de drones na agricultura.

Leia mais:

[activecampaign]