Quem usa o Power Bi?

Muito se ouve falar no meio educacional e corporativo que o Power Bi é o principal software de BI, Inteligência de Dados, Dashboards e StoryTelling no mundo. A consultoria Gartner, referência internacional em avaliação de softwares, já colocou o Power Bi no topo em seu famoso “quadrante” abaixo:

Esta versão do quadrante foi disponibilizada em fevereiro de 2021, e o Power Bi da Microsoft aparece isolado no canto superior direito, reservado para os líderes de mercado. É de fato uma grande realização se compararmos com o mesmo quadrante na sua versão de 2017, conforme abaixo, onde aparecia praticamente empatado com o Tableau:

 

 

Entre o profissional que em 2017 resolveu investir tudo no Tableau e o que resolveu investir tudo em Power Bi, conseguimos imaginar o que possui maior empregabilidade hoje, não?

 

Mas será que o Power Bi é isso tudo mesmo? Será que ele é a “última bolacha do pacote” como dizem os mais experientes? Quem usa Power Bi?

Provavelmente você já viu um dashboard criado no Power Bi, mesmo que não saiba. O Power Bi é dividido em dois ambientes: Desktop e Online. O ambiente desktop é aquele onde você conecta nas fontes de dados, trabalha a inteligência de dados e cria visuais gráficos. O ambiente online é aquele onde você disponibiliza para o mundo tudo aquilo que você criou. Este trabalho disponibilizado online pode ser acessado como um link comum ou você pode embutir seu dashboard dentro de uma página web, o que torna o alcance do seu material praticamente infinito.

 

Voltando aos exemplos, mostraremos a seguir alguns poucos entre milhões disponíveis. Vamos começar nada mais nada menos do que com a Anvisa disponibilizando dados sobre reuniões realizadas com fabricantes de vacinas para Covid. Ela gerou um link para o dashboard criado via Power Bi e o divulgou para a mídia. Note nesta notícia abaixo que ao final do texto há um link começado com “app.powerbi” e clique nele:

Anvisa divulga informações de reuniões sobre vacinas contra covid-19 – Pfarma

 

 

Outro exemplo bem interessante que encontramos é no site do Governo do Estado de Alagoas. Este dashboard foi muito bem desenvolvido e formatado como se fosse uma apresentação do Power Point, porém feita no próprio Power Bi através de uma função chamada “Indicadores” que permitem navegar dentro de um dashboard como se ele fosse um site. O dashboard está embutido dentro desta página:

Radar de Investimentos Alagoas – Radar de Investimentos – Alagoas em Dados e Informações

Para fechar os exemplos, descobrimos que a mundialmente querida Rainha Elizabeth do Reino Unido parece gostar bastante de Power Bi. As principais publicações do Governo do Reino Unido são criadas e disponibilizadas em Power Bi. Vejam alguns exemplos abaixo de indicadores divulgados pelos criadores do futebol usando o Power Bi. Notem que o segundo dashboard é bastante “britânico”, sendo bastante textual e bem sóbrio, diferente do que vimos no Governo de Alagoas que era mais lúdico e colorido.

Páginas do gov.uk:

Individual Insolvencies by Location, Age and Gender, England and Wales, 2020 – GOV.UK (www.gov.uk)

Excess mortality in England: weekly reports – GOV.UK (www.gov.uk)

Dashboards:

Microsoft Power BI

Microsoft Power BI

 

 

Com isso percebemos que o Power Bi não é apenas mais um rostinho bonito ou um software da “moda”. É uma ferramenta poderosa e eficaz para produzir e compartilhar dados, independentemente de quem esteja construindo ou da finalidade. Quer aprender a usar o Power Bi?

Conheça nossa Formação em Analista de Power Bi e se destaque no mercado de trabalho!

http://geosemfronteiras.org/blog em 03/02/2022

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Categoria

Tem uma pergunta?

Entre em contato com nosso suporte para qualquer dúvida.