ESA lança mosaico Sentinel-2 do mundo sem nuvens

ESA lança mosaico Sentinel-2 do mundo sem nuvens

Após o GeoCover, chegou a vez da ESA lançar um mosaico Sentinel-2 Global


Não é novidade para ninguém que os satélites de observação da Terra batizados como Sentinel-2 fazem parte das principais aplicações de Sensoriamento Remoto no Brasil e no exterior. A constelação é formada dois satélites gêmeos (Sentinel-2A e Sentinel 2B) sob a gestão da Agência Espacial Européia (European Space Agency – ESA). A estimativa da agência europeia é alcançar o período de revisita de cinco dias, que significa o tempo necessário para que os gêmeos possam visitar consecutivamente o mesmo ponto na Terra.

Entre tantas aplicações, um dos serviços que chama a atenção pela robustez é a construção de um mosaico Sentinel-2 do mundo inteiro sem nuvens, que poderia facilmente ser estendido para “sem nuvens, sombras ou névoas”. Sem sombra de dúvida, esta é uma realização e tanto, chega a lembrar o antigo GeoCover da NASA disponível para download nos anos 2000.

Este projeto também foi um projeto global de cobertura de imagens Landsat-7 com tamanho de pixel de 15 m e distribuição em formatos compactados do tipo Mr. SID. Boa parte do nosso mapeamento cartográfico está de pé graças aos inúmeros esforços da NASA para a confecção de um mosaico Landsat global.

Atualmente, temos a oportunidade de alcançar a mesma façanha com o projeto Sentinel-2 Cloudiness. A quantidade de pixels acumulados para formar o Sentinel-2 Cloudiness no planeta inteiro somam incríveis 250 Terabytes de dados de imagens Sentinel-2 nos anos 2016 e 2017.


DATA DE AQUISIÇÃO DAS IMAGENS


Segundo os técnicos da EOX IT Services GmbH, empresa situada em Viena, Áustria que foi responsável pelo desenvolvimento dos algoritmos para processamento de 80 trilhões de pixels Sentinel-2 coletados sob as mais variadas condições climáticas, as imagens utilizadas no mosaico sem nuvens foram coletadas segundo esta especificação:

  • Hemisfério Norte: de maio de 2016 até abril de 2017
  • Hemisfério Sul: de novembro de 2016 até março de 2017

APLICAÇÃO WEB SENTINEL-2 CLOUDLESS


Para maiores informações sobre o projeto, visite esta aplicação Web e descubra uma das mais recentes e completas visões globais do nosso planeta:

https://s2maps.eu


CITAÇÃO ACADÊMICA/LICENCIAMENTO DO SENTINEL-2 CLOUDINESS


O Sentinel-2 Cloudless da EOX IT Services GmbH está licenciado sob uma Licença Internacional Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0.

A atribuição deve ler “Sentinel-2 Cloudless https://s2maps.eu/ da EOX IT Services GmbH https://eox.at/ (contém dados Copernicus Sentinel modificados 2016)” e incluir os links conforme mostrado aqui, sempre que possível.


FONTE


https://eox.at/2017/08/sentinel-2-global-cloudless-mosaic/

Categoria

Tem uma pergunta?

Entre em contato com nosso suporte para qualquer dúvida.