Descomplicando o QGIS, passo a passo

Descomplicando o QGIS, passo a passo

Reprodução: canva

 

QGIS é uma ferramenta SIG? 

Iniciaremos conceituando SIG (Geographic Information System), como um Sistema de Informações Geográficas formado por métodos, programas, equipamentos, ferramentas, dados e usuários, devidamente conectados. 

O QGIS é um software gratuito de aplicação em SIG que permite o trabalho com dados, desde a visualização até a geração de materiais georreferenciados.

Continue a Leitura para conhecer mais sobre o software aberto e gratuito: QGIS

Você irá se surpreender com tudo que esse software possibilita ao usuário.

Aprenda Geoprocessamento com QGIS. Clique aqui. 

QGIS: o que é? Como funciona?  

Se você é um estudante que precisa aprender Geoprocessamento, decerto precisará aprender a usar este software. A boa notícia é que, este é um software livre, gratuito e fácil de usar. 

Por ser gratuito e livre, o QGIS tornou-se muito popular, visto que, pode ser distribuído e usado por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo. Por exemplo, podemos citar os grupos especializados, que realizam eventos, cursos e conferências, como:  

Antes denominado “Quantus GIS”, este é um software GIS, de código aberto, que permite a visualização, edição e análise de dados. Este software foi criado pela OSGeo (Fundação Geoespacial de Código Aberto), um grupo sem fins lucrativos, que apoia o desenvolvimento de tecnologias e dados geoespaciais abertos. 

Atualmente para ter acesso às informações, atualizações e arquivo para download, basta acessa o site oficial do projeto. Neste endereço é possível realizar o download do instalador, para uso em sua máquina.

Com esse software é possível criar mapas com diversas camadas (raster ou vetorial), formatos e projeções. Além disso, os mapas podem ser criados para inúmeras finalidades e podem ser armazenados na forma de pontos, linhas, ou polígonos. 

Aproveite e leia também esse exemplo de análise espacial usado durante a pandemia de Covid-19

Além de ser fácil de usar, pode ser acessado em multiplataformas, sendo possível a sua instalação nos principais sistemas operacionais, além da possibilidade de interação com outros softwares GIS.

SIG: Sistema de Informação geográfica

Anteriormente falamos que este é um software SIG, agora aprenderemos mais sobre SIG – Sistemas de Informação Geográficas, atualmente conhecido como um conjunto de softwares, que interligados a ferramentas e pessoas realizam a manipulação de dados espaciais, pertencentes a um Sistema de Coordenadas Geográficas.  

O SIG é formado por quatro componentes: 

  1. Hardware: plataformas usadas na manipulação dos dados, como computadores e notebooks, necessárias do início ao fim do processo. 
  2. Software: programas como o ArcGIS e QGIS, que instalados em computadores, realizam a manipulação dos dados geográficos. 
  3. Dados: os registros das informações coletadas no espaço geográfico associados a um SIG, que se apresentam em dois formatos diferentes, vetorial ou raster. 
  4. Pessoas: o grupo formado por profissionais e usuários que atuam em SIGs. 

Em suma, a função do SIG é realizar a coleta de dados, em seguida, conduzir o processamento e análise. Depois disso, armazená-los para exportar quando necessários. Neste processo o QGIS desempenha a função de ferramenta ou componente do SIG.

Aprofunde seus conhecimentos sobre SIG acessando esse artigo: O que são Sistemas de Informação Geográfica (SIG)?

Quais diferenças entre QGIS e ArcGIS?

Os sistemas ArcGis e Qgis são softwares que compõem o Sistema de Informação Geográfica – SIG. No entanto, existem algumas diferenças entre eles, a começar pelo acesso. 

O ArcGis é de uso restrito aos possuidores da licença, que deve ser comprada, isto é, o ArcGis é pago. No entanto, existe uma licença gratuita com duração de 01 ano, destinada aos estudantes. 

Por outro lado, o QGIS é um software completamente livre, isto é, gratuito e pode ser instalado em qualquer modelo de computador e sistema operacional, ou seja, um FOSS (Free and open – source software). 

Outro ponto importante a se destacar, é que usuários e pesquisadores de ambos os softwares relataram que o QGIS é mais rápido ao carregar a sua interface, em comparação com o ArcGIS.

No entanto, ambos oferecem suporte online e apresentam ferramentas de excelência para a manipulação de dados. Além disso, os dois possuem versões para desktop, web e móvel.

Muitas organizações, empresas e universidades tem aderido ao QGIS, por ser aberto e gratuito, bem como, possui tantas vantagens quanto o ArcGIS.

Funcionalidades

Segundo o portal do QGIS, este possui diversas funcionalidades, onde é possível realizar a visualização, edição, análise de dados, e a criação de mapas para impressão.  Algumas das principais funcionalidades são: 

  • Georreferenciamento;
  • Geocodificação; 
  • Criação de polígonos;
  • Sobreposição de mapas;
  • Análise de rede e diversas outras aplicações.

Com essas funcionalidades do sistema é possível criar mapas alinhando dados, realizando cortes, sobreposições e ainda calcular distância. Desta forma, criando mapas com diversas funções.  

Com QGIS é possível fazer tanto quanto se faz com ArcGis que é um software pago. Mesmo sendo gratuito, este é um projeto que possui apoio de milhares de pessoas ao redor do mundo, fornecendo base financeira, para que o software evolua com o máximo de qualidade. 

Benefícios

O QGIS é uma plataforma amigável, intuitiva e fácil de usar. Trata-se de um software que se apresenta de forma autoexplicativa, onde as ferramentas do sistema norteiam o seu uso na criação dos mapas. 

Este software não possui restrições de uso ou de qualidade, sendo possível realizar muito ao usá-lo em seus projetos. Suas ferramentas padrão realizam análises espaciais, temporais e multicritérios. Além disso, é possível acessar bancos de dados e mapas 3D.

Descomplicando o QGIS, passo a passo. Reprodução: canva
Descomplicando o QGIS, passo a passo. Reprodução: canva

Por ser multiplataforma é possível usá-lo em qualquer computador ou notebook, isto é, na seção de download, você poderá optar pelo seu sistema operacional. O QGIS esta disponível para os principais sistemas operacionais, Linux, Windows e Mac

Além disso, ainda existe uma versão para o  Android, possibilitando o trabalho em tablets e celulares. Devido à sua disponibilidade do para Mac e Android, este se tornou ainda mais popular, chegando a ser considerado um software “potente” para uso em SIG.

Quais profissionais usam QGIS?

Quando falamos de um sistema livre e aberto, estamos nos referindo ao acesso livre, por qualquer pessoa. A comunidade QGIS é formada por diversos profissionais que aplicam esse software em seus projetos e estudos

Existe uma ampla comunidade de pessoas, que compartilha e financiam os projetos dese software, tornando-o umas das plataformas gratuitas mais populares entre os profissionais da área de Geotecnologias. 

Aqui no Brasil tem sido largamente empregado por profissionais das Engenharias, Agronomia e Geografia, em projetos com Topografia, Geoprocessamento e no Georreferenciamento de imóveis rurais. 

A criação de mapa se estende da saúde pública a preservação ambiental, logo, o QGIS é uma plataforma que cria mapas de maneira multidisciplinar e qualquer profissional deve aprender a usá-lo.  

Profissionais Habilitados 

Uma graduação não garantirá que você aprenda determinado software, mas existem maneiras do profissional sair na frente, ainda na universidade. Além disso, quem apenas atua como técnico ou apoio, também poderá se habilitar para trabalhar com QGIS.

Por ser uma plataforma intuitiva e autoexplicativa, qualquer pessoa poderá aprender a usar e fazer dessa prática, uma profissão. Habilite-se! Veja aqui, como se tornar um profissional de GIS com QGIS

QGIS no Geoprocessamento

O QGIS é um programa completo, que tem sido usado em diversos tipos de projetos. Seu uso tem sido comum, junto as Geotecnologias, em trabalhos de Georreferenciamento e mapeamento de áreas.

Segundo o INPE (Instituto Nacional, de Pesquisas Espaciais), por ser uma ferramenta capaz de organizar dados e desenhar mapas, o QGIS tornou-se um dos programas específicos, que manipula, analisa e apresenta dados georreferenciados, possibilitando a execução do processamento de dados.

Tipos de mapa que dá para fazer com QGIS

O Programa QGIS evoluiu muito nos últimos anos, atualmente é possível criar uma diversidade de mapas usando suas ferramentas. Além disso, é possível realizar análise espacial e relacioná-las com os diferentes elementos gráficos do programa. 

Desta forma, dá para realizar a criação de diversos estilos de mapas. Alguns dos mais comuns são: 

  • Mapa de localização;
  • Mapa de desmatamento;
  • Mapa de uso e ocupação do solo;
  • Mapa Hidrográfico e muitos outros.

Portanto, criar mapas neste software pode ser mais simples do que você imagina. Aproveite e aprenda hoje mesmo, clicando aqui

Como instalar e usar o QGIS?

Já conhecemos muito sobre o QGIS, agora proponho aprendermos como instalar em seu dispositivo. O processo é simples e você só precisa de uma conexão com a internet. Depois é só seguir o instalador. Confira abaixo:

1° Passo: acesse o site oficial do QGIS

Entre no site oficial do QGIS em: https://qgisbrasil.org/. Clique em: baixar o QGIS, na aba superior.

Passo 1. Reprodução: portal da comunidade QGIS
Passo 1. Reprodução: portal da comunidade QGIS

O software encontra-se disponível nos principais idiomas. Para acessar o instalador em seu idioma é só procurar a comunidade do seu país.

2° Passo: escolha uma versão 

O QGIS é multiplataforma e está disponível para a maioria dos sistemas operacionais: Windows, Linux, Mac e Android. Escolha a versão certa para o seu sistema operacional e siga com a instalação.

Passo 2. Reprodução: portal da comunidade QGis
Passo 2. Reprodução: portal da comunidade QGis

A versão mais recente para Windows é a 3.26, mas para cada sistema operacional existem versões diferentes, que você confere no link para download. 

3° Passo: baixe o programa

Ao ser direcionado para a página de Download, verifique a versão mais recente e clique em download. Aguarde o início e salve o arquivo em seu computador.

4° Passo: instale em seu computador

Quando finalizar o download do programa, realize a instalação em seu computador. 

Clique no arquivo e aguarde abrir a janela do instalador, como na imagem abaixo. 

Passo 4. Reprodução: comunidade QGIS
Passo 4. Reprodução: comunidade QGIS

Aceite os termos e clique em “next” para continuar com o processo de instalação. 

Na próxima janela, escolha a pasta de instalação e clique em “next”, para continuar e ir ao próximo passo. 

Passo 4. Reprodução: comunidade QGIS
Passo 4. Reprodução: comunidade QGIS

 

Pronto! É só clica em “install” para ir para a instalação do programa. 

Passo 4. Reprodução: comunidade QGIS
Passo 4. Reprodução: comunidade QGIS

Agora, siga as instruções do instalador, até a finalização do processo. Ao final da instalação, aparecerá um ícone do QGIS na sua área de trabalho do computador.  

5° Passo: configure

Uma vez instalado em seu computador, abra o programa e dê os primeiros passos. Verifique na barra superior na “aba” Configurações, realize a configuração do seu sistema, como na imagem abaixo. 

Passo 5. Reprodução: comunidade QGIS
Passo 5. Reprodução: comunidade QGIS

Ao acessar seu perfil de usuário, encontrará a pasta de arquivos do QGIS, onde é possível acessar os perfis ativos ou criar um. 

6° Passo: instale os bancos de dados

Após finalizar a instalação do software, é hora de instalar os bancos de dados, o principal são as pastas do IBGE. Que você poderá acessar clicando aqui.

7° Passo: realize o seu primeiro trabalho

Tudo pronto em seu computador e agora você só precisa começa a trabalhar. Abra o programa e comece o seu primeiro trabalho. Explore as ferramentas e funcionalidades a vontade. 

Faça mais com o QGIS: acesse o curso de Analista em GIS com  QGIS.

QGIS: Mercado de trabalho 

O Mercado de trabalho na área de Geotecnologia encontra-se em plena expansão, visto que, é o mercado que trabalha diretamente com o setor espacial,
à medida que este seguimento cresce, cresce também a demanda profissional. 

No território brasileiro, a Legislação Ambiental e a cobrança internacional pela preservação ambiental, também abre um grande leque de oportunidades para profissionais da área de Geoprocessamento, Softwares e Ferramentas tecnológicas como Drones e radares. 

Aproveite! Seja um Especialista! Conheça estes cursos:

Analista em Mapeamento com Drones.

Analista em imagens de radar.

Áreas de atuação

Engenheiro, Arquitetos, Geólogos, Geógrafos e técnicos usam o QGIS em seus projetos de Licenciamento Ambiental, Topografia, Georreferenciamento de imóveis rurais, Cadastro Ambiental Rural e criação de mapas com finalidades diversas.

O profissional com conhecimento e prática neste software decerto não ficará de fora do mercado de trabalho, pois existe uma demanda constante por serviços de mapeamento. 

Onde trabalhar?

Assim como as demais carreiras ligadas ao Geoprocessamento, trabalhar com softwares poderá ser um trabalho autônomo, isto é, o profissional poderá apenas prestar serviços para empresas públicas e privadas.

No entanto, existem inúmeras empresas privadas que contratam profissionais parar trabalhar com softwares de SIG, são os Analistas em SIG, com salário que podem ultrapassar os R$ 10.000,00. Torne-se um Analista em GIS com QGIS

O Curso de Analista em GIS com QGIS

Considerado o software de GIS que mais cresce no mundo, o QGIS é um programa completo para realizar análise espacial e a criação de mapas. O Curso de Analista em GIS com QGIS é uma formação que ensinará em 6 módulos, todo o necessário para se trabalhar com QGIS e realizar qualquer tarefa pertinente.   

Benefícios Profissionais

Cada vez mais requisitado para profissionais das Engenharias e Técnicos em Geoprocessamento e Topografia, esse curso é a formação ideal para quem está no mercado e deseja se atualizar, mas também é ideal para quem deseja começar do zero. 

Durante o curso, com carga horária de 120 horas distribuída em 6 módulos, o estudante aprenderá sobre cartografia, bancos de dados geográficos, análise espacial, mapeamento de campo e a criação de mapas

Ainda durante o curso, o aluno contará com assistência do professor  e da equipe pedagógica; material exclusivo em pdf; canal no telegram para tirar dúvidas e inserir o estudante em ambiente de networking. Ao final do curso, com o certificado, o aluno será indicado ao mercado de trabalho. 

Disciplinas 

O curso é formado por 6 módulos, onde serão estudados os seguintes temas: 

  • Cartografia para Geoprocessamento com ArcGIS;
  • SIG com QGIS I – Bancos de Dados e Mapas;
  • SIG com QGIS II – Análises Espaciais;
  • Geoprocessamento na Produção de Mapas com QGIS;
  • Geodesign de Mapas com QGIS;
  • Mapeamento em Campo com GPS.

Professor

O professor do curso é o Geógrafo LUCAS FIGUEIRA, Mestrado em Ciência e Sistema de Informação Geográfica pela Universidade Nova de Lisboa, especialista em Gestão Ambiental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Graduado em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Gama Filho (UGF).

Investimento financeiro 

Para realização do curso é necessário um investimento financeiro, que você poderá conferir aqui. O valor poderá ser pago a vista ou dividido no cartão em até 12 vezes. Além disso é possível pagar o curso em até 6 vezes no boleto

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Categoria

Tem uma pergunta?

Entre em contato com nosso suporte para qualquer dúvida.